A SUTIL RELAÇÃO ENTRE MENTE E ALIMENTAÇÃO

Do ponto de vista ayurvédico corpo, mente e espírito estabelecem entre si uma dinâmica de equilíbrio onde ambos se influenciam diretamente. Isso significa que tudo o que sentimos e expressamos no corpo físico primeiro se manifestou na mente como resultado do equilíbrio espiritual e toda ação do corpo consequentemente influenciará a mente.

Partindo desse princípio entendemos como alguns transtorno físicos só podem ser curados através do equilíbrio da mente e vice-versa.

Esse é um assunto bem amplo e complexo então vamos por partes, começando hoje com a relação entre a alimentação e nossas emoções, veja na galeria como acontece essa interação que é ao mesmo tempo lógica e poética.

Toda a matéria é formada dos 5 elementos e o equilíbrio da mente se dá através do equilíbrio entre eles:

ETER E AR – Principais elementos que constitui a mente, é o espaço de manifestação e percepção, a expansão e o movimento que gera o fluxo de pensamentos da mente. Resultam da boa respiração, da prática espiritual e da ingestão de alimentos frescos.

FOGO – A luz do discernimento, razão e lógica, a clareza da mente. Resulta do calor dos alimentos (potência e cozimento) e da luz solar, que promovem metabolismo e formam os fluidos quentes do corpo (sangue, ácidos e enzimas).

ÁGUA – Emoções e sentimentos, a fluidez da mente. Resultada ingestão de água e alimentos líquidos que formam os tecidos fluidos e frios do corpo (linfa, plasma, mucosas e gordura).

TERRA – Memória e apego, compõe o ego. A capacidade de absorção e retenção da mente. Resulta da ingestão de alimentos sólidos que formam os tecidos estruturais do corpo (ossos, músculos e órgãos).

A conduta ayurvédica visa deslocar a mente entre os estados de Tamas (inércia) e Rajas (atividade) de modo que essa dinâmica seja fluida e harmoniosa, permitindo alcançar seu aspecto mais elevado, que é Satwa. O agravamento e o apego a Rajas ou Tamas gera os desequilíbrios emocionais e os transtornos mentais.



SATWA

Satwa: Equilíbrio da mente, conseguido através do equilíbrio entre o corpo, as substâncias ingeridas e impressões captadas pelos 5 sentidos (sabores, sons, aromas, texturas, imagens).

Alimentos leves, frescos e que sejam preparados e consumidos em um ambiente de paz e alegria, uma alimentação variada e que contempla os 6 sabores, com o uso regular de ervas e especiarias promovem Satwa. Os alimentos devem ser apreciados com satisfação, escolhidos para contemplar o paladar com austeridade para promover contentamento através do sabor, aroma e textura. 


RAJAS

Rajas (vigília) é o estado de agitação da mente em que se manifesta o desejo e a ação. Provoca as fortes emoções e suas perturbações – hiperatividade, ansiedade, raiva, ganância, impulsividade.

O consumo de carnes, café, bebidas energéticas, vinagres, conservas, condimentos e bebidas alcoólicas excitam a mente causando desequilíbrio em rajas.


TAMAS

Tamas (repouso) é o aspecto inerte da mente, responsável pela dualidade e identificação com o corpo físico que reforça a influência do ego. Com seu agravamento surge a letargia, depressão, apego e embotamento da mente.

O excesso de qualquer sabor ou de volume de alimentos, bem como a ingestão regular de alimentos pesadas e indigestos, comidas processadas, congeladas e requentadas, produtos embutidos, gordura, açúcar e carnes provocam o estado tamásico da mente.

INSCRIÇÕES ABERTAS

MENTORIA #3 • 5 Semanas de Ayurveda Simples

Os fundamentos do Ayurveda com orientações práticas, diagnóstico e acompanhamento

Entenda seu corpo e alinhe sua rotina

Precisa de ajuda?

Posso te atender em uma consulta on-line!

Vou avaliar seu biotipo e rotina, diagnosticar os possíveis desequilíbrios e propor um plano de tratamento

BORA TER UMA VIDA + LEVE?

GOSTOU DO CONTEÚDO? INSCREVA-SE PARA RECEBER +

Não enviamos spam! Confira nossa política de privacidade.